rafael libman

Oito pacientes rondonienses recuperados da Covid-19 retornaram a Porto Velho nesta quinta-feira, 4 de fevereiro. Seis homens e duas mulheres, com idades entre 47 e 76 anos, embarcaram em Porto Alegre por volta das 13h em uma aeronave do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, prontos para voltar aos seus lares.

Pacientes de Rondônia foram tratados em três hospitais da capital

Todos embarcaram caminhando e conversando, em uma situação completamente diversa daquela em que chegaram ao Rio Grande do Sul. Eles desembarcaram entre 27 e 29 de janeiro e, desde então, estiveram internados nos hospitais de Clínicas, Vila Nova e Conceição, na capital. “Achei até que não fosse conseguir voltar para casa.  Só tenho a agradecer”, afirma o pastor Benedito Prata dos Santos, 53 anos, um dos recuperados.

Aliviado, o pastor Benedito embarcou para casa, em Porto Velho, no início da tarde de quinta

Apenas um dos pacientes precisou fazer uso de oxigênio do tipo óculos nasal durante a decolagem, por precaução e para manter a respiração estável. “Agradeço por ter sido tão bem tratada aqui no Rio Grande do Sul. Indescritível o cuidado que cada uma das pessoas teve comigo no hospital [de Clínicas]”, enaltece Antusa Jandira Nobre das Neves, 47 anos.

Ao todo, já tiveram alta 14 pacientes vindos de Rondônia para receber assistência hospitalar no Estado. Além dos oito que embarcaram nesta quinta-feira, uma mulher retornou no dia 29 de janeiro e outros cinco pacientes (quatro mulheres e um homem) voltaram para seus Estados no dia 1º de fevereiro. Os seis retornaram em voos comerciais. Entre os pacientes que vieram de Manaus, nenhum teve alta ainda. 

Fotos: Maurício Tonetto/Palácio Piratini