Operação ocorre nesta quinta-feira, 10, em razão de constantes carregamentos de entorpecentes destinados à Serra Gaúcha

A Polícia Federal (PF), realiza o cumprimento de 22 mandados de prisão preventiva e 28 de busca e apreensão em pelo menos três municípios da Serra Gaúcha. Bento Gonçalves, Farroupilha e Caxias do Sul estão no alvo da operação Teiniaguá. Além das três cidades da região, 180 oficiais da corporação estão divididos em outros seis municípios gaúchos, considerados focos da ação: Sapiranga, Campo Bom, Parobé, Taquara, Lajeado e Charqueadas.

De acordo com as investigações da PF, mais de uma tonelada e meia de cocaína foi enviada para o exterior nos últimos seis meses. No total, mais de R$ 25 milhões foram destinados a traficantes no Paraguai. Segundo as informações, parte desses carregamentos eram destinado com certa frequência à Serra Gaúcha. Além do Rio Grande do Sul, a cidade Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul também é alvo da operação de hoje.

O trabalho dos policiais segue durante esta quinta-feira e envolve também o cumprimento de 11 ordens judiciais para sequestro de veículos e imóveis dos investigados na operação. No total, 57 contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas foram bloqueadas. A suspeita é de que elas estariam sendo utilizadas para movimentação de dinheiro do tráfico.

De acordo com PF, a atuação do grupo criminoso ocorre dentro e fora dos presídios gaúchos, sob o comando de três lideranças de uma facção que já tiveram suas prisões preventivas decretadas pela Justiça. No inquérito, os investigados respondem por tráfico internacional de drogas, organização criminosa, lavagem de dinheiro, associação para o tráfico e homicídio.

Não há detalhes onde os cumprimentos de mandados foram realizados em Bento Gonçalves e nos demais municípios da região.

Fotos: Polícia Federal / Divulgação