O médico bento-gonçalvense, Alexandre Tesheiner Bessil, morreu aos 69 anos, após complicações provocadas pela covid-19. Ele estava internado há cerca de dois meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Conceição, em Porto Alegre e veio à óbito na terça-feira, 20. Bessil era gerente de Interunidades de Emergências do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), de Porto Alegre, e atuava na linha de frente no combate à pandemia.

Nascido em 8 de dezembro de 1951, em Bento Gonçalves, Bessil trabalha há 36 ano no GHC, tendo sido diretor técnico da casa de saúde entre os anos de 1990 a 1993. Em sua trajetória, o profissional foi doutorando e médico da instituição e passou por instituições como o IPE Saúde, Unimed e o Instituto de Cardiologia de Porto Alegre.

Em nota de pesar, o GHC informou que o médico era querido pelos funcionários e que “deixará muitas saudades em todos que o conheceram”. 

O Sport Clube Internacional também manifestou pesar ao torcedor do clube. Segundo a nota, Bessil era conselheiro e foi ex-vice-presidente de Planejamento do time.

Ele deixa a esposa Mara, os dois filhos, Marcela e Frederico, os netos Marcelo, Miguel e Murilo, e os irmãos, Alberto e Ana, além dos dois filhos de Mara, que ajudou a criar, e da neta dela, Luiza, que considerava sua também.

Foto: Grupo Hospitalar Conceição (GHC) / Divulgação