O governo do Estado decidiu manter até o dia 14 de maio, as regras do atual modelo de Distanciamento Controlado contra a disseminação do novo coronavírus. A medida ocorre visando ampliar o debate sobre os novos regramentos que devem passar a vigorar no dia 15 deste mês. Com isso, as 21 regiões do Rio Grande do Sul permanecerão em bandeira vermelha e com o modelo de cogestão, ou seja, sem a possibilidade de flexibilização das medidas. A decisão ocorreu após reunião do Gabinete de Crise nesta quinta-feira, 6 de maio.

Segundo o Palácio Piratini, a ideia era colocar o novo formato em prática na segunda-feira, 10. No entanto, o governador Eduardo Leite e os integrantes do gabinete querem ampliar o debate com a sociedade para “consolidar o novo sistema de distanciamento”. Na sexta-feira, 7 de maio, está agendada uma reunião virtual com deputados e prefeitos e no sábado, 8 de maio, com especialistas em saúde e integrantes dos setores produtivos para apresentar a proposta do novo sistema que irá substituir o modelo de bandeiras, além de ouvir as sugestões dos participantes.

O Governo definiu que até terça-feira, 11, sejam encaminhadas sugestões ao Gabinete de Crise, para aprimoramento da nova sistemática. A partir daí, o formato será definido e as novas regras deverão passar a valer a meia-noite do sábado, 15.

Novo calendário

• 6 de maio – decreto prorroga atual modelo de Distanciamento Controlado até 14 de maio
• 7 e 8 de maio – debate com segmentos da sociedade
• 11 de maio – prazo final para envio de sugestões para o novo sistema
• A partir de 13 de maio – anúncio do novo sistema
• 15 de maio – entra em vigor o novo sistema

Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini / Divulgação