Crise da pandemia de covid-19 e aumento das restrições provocadas pela bandeira preta do modelo de Distanciamento Controlado influenciaram na redução de turistas no município

Os números sobre o turismo de Bento Gonçalves foram divulgados nesta terça-feira, 11, e apontam que 199.041 mil pessoas visitaram a região nos três primeiros meses do ano. O número é 39,87% menor do que o registrado no ano passado, quando pouco mais de 331 mil visitantes estiveram na Capital do Vinho. Entre os principais motivos apontados pela Secretaria Municipal de Turismo está o agravamento da pandemia do coronavírus e a ampliação das restrições provocadas pela bandeira preta no modelo de distanciamento controlado.

De acordo com a pasta, nos primeiros meses do ano, atrativos urbanos e das rotas turísticas, principalmente as vinícolas, permaneceram fechados, espantando quem pretendia passar pela região e conhecer um pouco mais da história local. Apenas estabelecimentos comerciais que ficavam em beira de estradas e rodovias estavam liberados para atendimento.

Apesar da queda, o secretário de Turismo, Rodrigo Ferri Parisotto, avalia como satisfatório o resultado, visto todas as dificuldades que o setor segue enfrentando no período de pandemia. “As restrições de público fizeram com que o turista se espalhasse entre vários locais, fazendo com que houvesse uma boa distribuição entre vários atrativos, permitindo assim a garantia do emprego e renda de muitas famílias”, comenta.

Com a criação do Selo Ambiente Limpo e Seguro, os números devem apresentar significativa melhora ainda neste primeiro semestre. Pelo menos é o que projeta Parisotto. No primeiro trimestre desse ano, hotéis trabalharam com a ocupação máxima de 50%, porém o fluxo de visitantes ficou abaixo da metade. Janeiro obteve 41% de ocupação, fevereiro 40,60% e março 10,64%, fazendo com que a média do trimestre finalizasse em 30,75%.

Área urbana recebeu quase 80 mil turistas

O levantamento realizado mostra que a maioria dos turistas, cerca de 80 mil, esteve visitando rotas turísticas na área urbana da cidade, enquanto o restante se dividiu entre os Caminhos de Pedras (54.853), Vale dos Vinhedos (42.758), Vale do Rio das Antas (12.697), Cantinas Históricas (5.187) e Encantos da Eulália (3.617).

Dos visitantes, pouco mais da metade (50,46%) vieram de diferentes regiões do Rio Grande do Sul. O estado vizinho, Santa Catarina, representa 15,09% do total de turistas, seguidos de São Paulo (6,57%), Paraná (4,76%), Rio de Janeiro (4,27%), Minas Gerais (2,41%), Distrito Federal (1,49%), Bahia (1,43%) e Ceará (1,37%). Os demais estados, somam juntos 12,16%.

Fotos: Ascom Prefeitura de Bento Gonçalves / Divulgação