A avaliação das resenhas será feita sob critérios como letra legível e limitação ao tema exposto na obra

Um projeto do Governo do Estado do Rio Grande do Sul que trata da remissão de penas de condenados da Justiça através do hábito da leitura será implantado na Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves. Com apoio da Biblioteca Pública Castro Alves, da Secretaria Municipal da Cultura, do Núcleo de Educação de Jovens e Adultos e da própria casa prisional, após cada livro lido, mediante apresentação de relatório que comprove a leitura, o preso poderá ter até quatro dias da sua pena por mês diminuído.

A implantação do projeto “Remissão pela Leitura” ocorreu na segunda-feira, 19, com a consolidação das parcerias e realização de atividades motivacionais junto aos apenados.

A proposta do projeto é de que cada apenado que participar da Remição pela Leitura deverá ler uma obra literária durante o mês e elaborar um relatório de leitura, os quais permitirão diminuir em quatro dias da sua pena por mês.. Haverá uma pré-seleção, através de redação presencial, avaliada pela equipe responsável pelo projeto, verificando se o apenado está apto ou não a participar. A avaliação ocorrerá pela produção textual com as ideias principais do livro, de no mínimo 30 e máximo 60 linhas. No material confeccionado pelo preso, as produções deverão estar limitadas ao conteúdo do livro recebido, isto é, não poderá citar assuntos alheios ao objetivo proposto. Será levado em consideração ainda a fidedignidade dos trabalhos.

Foto: Reprodução