O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é médico especialista em urologia e contando com largos anos de experiência no ramo, entende como os homens se preocupam menos com a saúde em comparação com as mulheres. Contudo, tem uma explicação. Confira neste artigo e saiba mais sobre a saúde masculina.

De acordo com o Centro de Referência em Saúde do Homem, a grande maioria dos homens vão ao médico acompanhados, cerca de 70%. Além disso, a pesquisa realizada em 2018 aponta que 50% dos homens só buscam médicos quando a doença se encontra em estágio avançado.

Desse modo, o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes alerta os riscos do desenvolvimento de patologias e a importância de consultas médicas e exames preventivos. Pesquisas apontam que o diagnóstico precoce pode influir no melhor tratamento de diversas patologias, desse modo, é evidente a proeminência de possuir um acompanhamento médico adequado.

Por conta de padrões culturais e fatores externos, baseados em estereótipos de gênero, os homens acabam por não se cuidar tanto, dessa maneira, os cuidados com a saúde se tornam subjugados e a prevenção fica em segundo plano. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes enfatiza que os cuidados com a saúde devem ser primordiais e realizados por ambos os gêneros.

Campanhas como o Novembro Azul buscam promover a conscientização e incentivo aos homens no que tange cuidar de si mesmo. O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes enfatiza que é preciso manter uma rotina saudável de cuidados preventivos para uma boa qualidade de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui