Para toda boa gestão de projetos, é fundamental contar com um método eficaz, com abordagem simples e direta na administração das demandas da empresa. Por isso, o especialista financeiro, Marcio Alaor de Araújo, através do método Kaban, a resolução de tarefas se torna mais assertiva e construtiva.

O método Kaban é um sistema visual de gestão de projetos, com intuito de conduzir a tarefa através de um fluxo de trabalho determinado. O empresário Marcio Alaor de Araújo esclarece que ele é dividido em três etapas:

  • Sistema visual: Consiste em um quadro com colunas de separação para dividir o trabalho em segmentos ou status, com cartões fixados em cada coluna para indicar onde essa tarefa está em todo fluxo de trabalho. 
  • Cartões: Item que descreve o trabalho dentro do processo.
  • Limitação do trabalho em andamento: Item que limita a quantidade de tarefas que podem estar alinhadas em cada segmento para manter o controle e estado de fluxo do trabalho. 

Assim, entende-se o método Kaban como uma ferramenta estratégica que alinha e delimita o fluxo de trabalho a ser desenvolvido. Marcio Alaor de Araújo ressalta que se trata de uma metodologia que tem por principal objetivo evitar a procrastinação no ambiente de trabalho, fazendo com que as atividades do dia possam render. 

Dessa maneira, todo esse sistema de gestão pauta-se na organização do fluxo de trabalho para culminar num modo produtivo de execução das tarefas. Logo, Marcio Alaor de Araújo reforça que o Método Kaban é um modo de controlar, gradualmente, as ações realizadas pelos colaboradores dentro da empresa.

Através dele, é possível propiciar um trabalho mais transparente e direcionado, uma vez que a ferramenta prioriza a organização das entregas e a produtividade na realização dos projetos. Marcio Alaor de Araújo finaliza comentando que, seguindo esses passos, melhora-se o fluxo de trabalho e, por consequência, os resultados de entregas finais. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui