Uma operação policial cumpriu, nesta terça-feira (10), seis mandados de busca e apreensão contra suspeitos de extorsão no chamado “golpe dos nudes” em Porto Alegre, Gravataí e Charqueadas. De acordo com a Polícia Civil, o prefeito de uma cidade do Rio Grande do Sul foi extorquido após a troca de fotos íntimas com um dos contatos, uma suposta menina menor de idade. O nome do município não foi informado pela investigação.

Além dos mandados cumpridos no RS, a operação também foi realizada em Florianópolis (SC). As buscas foram realizadas para apreender provas referentes aos crimes investigados.

De acordo com a polícia, os alvos preferidos eram homens com cargos públicos, como aconteceu com o prefeito. O crime acontece, inicialmente, pelo envio de solicitações de amizade por redes sociais de adolescentes para homens. Depois, os criminosos, se passando por policiais, exigem valores em dinheiro via depósito bancário para não prender ou iniciar inquérito policial contra as vítimas.

O delegado responsável pela operação, Vinicios do Valle, diz que ordens de prisão foram solicitadas à Justiça. Contudo, elas foram indeferidas.

Investigações apontam que 10 pessoas integram o grupo responsável pelos golpes. Parte deles aconteciam de dentro das celas, já que um dos chefes estaria preso no RS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui