Uma pesquisa conduzida pelo C.Lab, o laboratório de pesquisas da Nestlé, com 500 famílias brasileiras, mostrou que apenas duas em cada dez famílias pretendem liberar os filhos para retornarem à escola ainda em 2020.

Apenas 10% das crianças já retornaram às aulas presenciais, ainda que parcialmente. Além disso, 68% afirmam que os filhos devem voltar a frequentar a escola apenas quando sair a vacina.

Neste período, a alimentação das crianças também foi uma preocupação recorrente dos pais e muitos pretendem que os hábitos adquiridos durante o período em casa continuem no período da escola, já que 30% disseram ter construído hábitos mais saudáveis com mais comida caseira.

Diante disso, 54% pretendem fazer mudanças na lancheira, com aumento do envio de água, frutas e iogurte, por exemplo.

Continua após a publicidade